Vó também sente medos sabia?

Mas…. bruxa ou fada? Será que a Bruxa pode ser Fada? Ou a Fada pode ser Bruxa?

Trago em minha memória lembranças de quando os filhos nos contam a notícia de uma gravidez a gente relembra dos esquilos Tico & Teco um trazendo a alegria e celebração do momento e outro trazendo uma pulguinha de medo de como vai ser…

Tenho uma filha que faz aniversário perto do Dia das Bruxas e um dia, dei de presente uma linda Bruxinha… ela se assustou porque, essa bruxa não era uma fada….

Tem momentos na vida em que ser bruxa é o que melhor que podemos ser, com poderes mágicos para aqueles momentos…
E na sequência, viramos fada, com pózinhos mágicos que nos levam ao mundo dos sonhos e da imaginação…

Quando a criança é pequena existem muitas novidades a serem conhecidas e a noite parece que todas as novidades invadem os pensamentos imaginários trazendo um repertório de medos de monstros, bruxas, bichos, E.T., disco voador, todas as coisas que eles ainda não conhecem bem…       aí vem o grito:  Maaaaaannnnnnhhhhhhhêêêê!!!!!!!!!

Hoje em dia ouço as mesmas histórias da minha filha me contando sobre essas chamadas da madrugada…   E vejo que ainda fazem parte da realidade da Fada Filha salvando meu neto da Bruxa Imaginária!

Há algo de bom com os pesadelos?   Sim!  Dá pra tirar um aprendizado de tudo!
É mais um momento de conversar sobre o sentimento do medo.

Nessa hora, o melhor lugar do mundo para estar é dentro de um abraço da mamãe. E depois todos voltam a dormir e novos sonhos vão surgir!

E você? O que anda sonhando?

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.