Muitas mães nos perguntam quando deve ser a primeira consulta odontológica de seus filhos e neste momento respondemos rapidamente:
_ Antes mesmo dele nascer!

sade_bucal_na_gestaoSim, parece estranho, mas é a mais pura realidade atual da Odontologia Moderna Brasileira, a preocupação e a antecipação dos fatos.
A maioria das gestantes não sabe, mas durante a gravidez, a saúde bucal é tão importante quanto toda a sua saúde!
Apoiado em estudos que demonstram claramente que a mulher quando gestante, fica ávida por informações que poderão trazer benefícios para ela e em especial para o seu bebê e partindo do princípio que se ela tem bons hábitos de saúde bucal saberá transmití-los para o futuro bebê, surgiu o PRÉ-NATAL ODONTOLÓGICO.

Da mesma forma que a mãe deve fazer o acompanhamento durante os nove meses com o médico obstetra, é muito importante que se estabeleça também um PRÉ-NATAL ODONTOLÓGICO na rotina de exames e consultas de uma grávida. O Pré-Natal Odontológico é importante e fundamental para orientar, esclarecer dúvidas, prevenir, detectar e tratar doenças ou condições BUCAIS que possam comprometer a saúde da mãe e/ou do seu bebê.

Assim, hoje o ideal é que se promova a saúde global do binômio mãe/filho, levando em consideração um trabalho multiprofissional, onde odontopediatras, ginecologistas, obstetras, neonatologistas e pediatras estejam capacitados e aptos quanto à educação em saúde, transmitindo informações necessárias para o bom desenvolvimento e bem-estar de mãe e bebê antes mesmo deste nascer.

Até o Pré-Natal Odontológico se tornar amplamente conhecido e consagrado no meio da área da saúde, acreditamos que o OBSTETRA tem o papel fundamental no encaminhamento para um Odontopediatra, dentista responsável em estabelecer o número de consultas de acordo com as reais necessidades da paciente, podendo variar de uma até quatro. Casos específicos podem requerer mais visitas.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.