O ano novo chegou e com ele um monte de novas promessas, daquelas do tipo: Esse ano vou me exercitar! Volto para academia com certeza, desse ano não passa! Xô sedentarismo!

exercicios_mamães
Se estamos mesmo dispostas a começar um ano novo com mais saúde e disposição, com toda certeza estamos falando de exercícios físicos.

Todos sabemos que se exercitar é um meio de manter a vida saudável e o corpo em forma e por isso mesmo as futuras mamães e as mamães de plantão devem pensar no exercício como um forte aliado para a saúde da mente e do corpo.

Para as gestantes os exercícios leves, sem impacto e com baixo consumo de oxigênio são recomendados, desde que com pouca intensidade e que você não resolva correr uma maratona, ou fazer aquela musculação que não fez a vida toda agora que está grávida. Esse momento da vida da mulher requer cuidados importantes, por isso procure seu obstetra e se assegure do que você pode e não pode fazer. Cada caso é um caso e não é porque a sua amiga faz que você vai fazer, a melhor orientação é do seu obstetra e de um bom orientador físico.

“A caminhada é sempre uma ótima opção para a grávida”, diz Sérgio Peixoto, presidente da Comissão de Assistência Pré-Natal da Febrasgo (Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia).

Algumas dicas da educadora física Daniela Rico para caminhar com saúde na gestação:

  • Sedentárias devem caminhar no máximo 30 min, três vezes por semana, e ativas de 45 a 60 min.
  • Preste atenção, o ritmo deve ser tranquilo, você não deve ficar ofegante, ruborizada, suada ou os três!
  • Evite ambientes de baixa umidade, sol muito quente. Prefira o início da manhã e o fim da tarde para caminhar.
  • Utilize calçados adequados, roupas leves e confortáveis, evite pisos muito desnivelados.
  • Beba água
  • Caso sinta dores lombares, cólicas, contração, dores de cabeça e tenha qualquer sangramento pare a atividade imediatamente!

Para o obstetra Waldemir Rezende o ideal é que as mães escolham opções lúdicas, prazerosas, que ajudem a alongar o corpo, respirar melhor, e não provoquem desconforto. As praticantes também não devem intensificar o ritmo dos exercícios nesse período, mas manter o que já vinham fazendo antes, ou até desacelerar um pouco. Além disso, é importante se manter alimentada a cada 3 horas e se hidratar bem.

“A hidroginástica é a melhor alternativa, pois tem temperatura controlada, baixo impacto, não há pressão sobre a coluna vertebral nem risco de torções. A natação também é indicada, mas em um ritmo mais leve”, recomenda Rezende.

O médico explica que a atividade física ainda aumenta as taxas de cortisol (hormônio do estresse) no sangue, o que pode ajudar a acelerar a maturidade do pulmão e do sistema nervoso central do feto. Em excesso, porém, esse hormônio favorece o ganho de peso e a retenção de líquidos para a mãe, e o aumento nos níveis de insulina para ela e o filho.

Hidrogestantes

O importante é se exercitar sem colocar em risco a sua saúde e a saúde do bebê.

Para as mamães de plantão, que estão ansiosas para voltar a rotina do treino, ou simplesmente voltar ao seu antigo corpo, tenham calma e esperem o tempo recomendado pelo seu médico. Vale lembrar que o seu corpo levou nove meses se transformando e não é da noite para o dia que ele vai voltar a antiga forma.

O tempo para voltar a se exercitar vai depender do tipo de parto que a mulher teve, converse com o seu médico. Geralmente pequenas caminhadas são liberadas e até necessárias nos primeiros dias. Lembre-se que a amamentação requer muito da mãe, que está queimando calorias enquanto amamenta, então aproveite ao máximo esse momento com o seu pequeno!

Quais os exercícios recomendados para o pós-parto?

Você provavelmente não vê a hora de ter seu corpo de volta ao normal, mas comece devagar. Primeiro, certifique-se de que está fisicamente pronta; depois dê início ao processo de retomar a forma antiga com uma série de alongamentos e exercícios para firmar o corpo. Quando conseguir, acrescente uma segunda série de exercícios.

Se você passou por uma cesariana, você pode começar a fazer abdominais leves e exercícios para o assoalho pélvico assim que o médico liberar.

Como arranjar ter tempo para se exercitar com um recém-nascido em casa?

Ter tempo e, principalmente, energia para atividades físicas com um bebê para cuidar pode ser bem complicado. Mas há maneiras de incorporar seu filho a uma rotina diária de exercícios, como por exemplo levando-o no carrinho para uma boa caminhada em um parque, nas ruas do seu bairro ou até numa ida a pé ao supermercado.

Logo seu bebê estará mais independe e você terá mais tempo para cuidar do seu corpo. Aproveite cada momento, é bem provável que sentirá saudade do seu corpo de grávida.

Atividade física pode ser mais uma chance de aproximar mães e bebês!

*Inspiração2016!

I just can’t take it!! #love #yogapartner ❤️❤️❤️ Eu não aguento!!! #amor #parceiradeioga

Uma foto publicada por Gisele Bündchen (@gisele) em

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.