Pesquisando para o artigo sobre a leitura na primeira infância, encontramos o relato da escritora de livros infantis Tatiana Belinky, que ao perguntar ao pediatra, isso no ano de 1940, em que momento deveria começar a educar seu filho, então com 3 meses de vida, ouviu como resposta: “Você já está atrasada”.

E por mais que pareça absurdo, essa é uma verdade que pode assustar as mamães e os papais.

O fato é que quanto mais contato e interesse a criança tiver com tudo o que está ao seu redor, mais curiosidade ela terá até “dominar” o objeto ou a situação. E com a leitura não é diferente.

livrosbebes1

Primeiro será o som da voz, durante a narrativa, que despertará interesse. Depois, as texturas dos livros e suas cores. Quando estiver começando a reparar nos detalhes a sua volta, ela verá as letras, e começará a distingui-las.

Quando os pais contam uma história, mudam o tom de voz e isso estimula a atenção dos bebês.

Conversamos com uma mamãe, a Livia Miguel, e ela relatou o envolvimento do seu filho, Francisco, que está com 1 ano e 7 meses.

“Lembro que começamos a contar uma história sobre bruxinhas de cores diferentes para o Francisco. Ele sempre foi rodeado por livros, mas ganhou esse livro, específico, com apenas seis meses. Resumimos a história em abrir o livro, mostrar as imagens e narrar em tom teatral “Era uma vez, uma bruxiiiiinhaaaaaa…. que faziaaaaa assim… RIRIRI”, e ele, apenas um bebê, achava graça do som e sorria.
Com pouco menos de 1 ano de idade, Francisco pegava o livro, abria como se estivesse lendo, e fazia “RiRiRi”. Até hoje, com um 1 ano e 7 meses, se perguntarmos como a bruxinha faz, ele responde com “RiRiRi”.

Ler para uma criança é dar a ela a oportunidade de conhecer novas histórias, de começar a estimular a imaginação. Para os bebês, o estimulo é visual, tátil e auditivo.

O vínculo criado com as crianças através da leitura é um laço forte que une pais e filhos por anos. Faz bem para toda a família.

Para terminar, um vídeo apaixonante, do Emmett, de apenas 10 meses, que chora toda vez que a história acaba!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.