Sempre sonhei em ser pai, mas como primogenito e tendo uma excelente recordação da minha infância do meu relacionamento com o meu pai, acabei sempre me vendo como pai de menino!

Sempre sonhei em refazer as minhas antigas lembranças que fazia com meu pai, mas agora com o meu filho. Como aprender a jogar futebol, brincar de brigar e usar a minha imaginação para criar mundos fantásticos com os meus He-Mans (da quais tenho até hoje).

Mas ai nasceu minha pequena Olivia. Nunca tinha me imaginado sendo pai de menina, apesar de ter tido 2 irmãs mais novas, a Diane tem só 2 anos de diferença, mas a Nique é 8 anos mais nova, e me lembro muito bem tentando ensinar futebol para ela e até vestir ela com as minhas roupas, mas a força do rosa foi mais forte.

Mas apesar de minha imaginação e expectativa, ser pai de menina é um sonho e a melhor coisa que aconteceu comigo. Apesar de ter ainda só um ano de vida já da para sentir o amor e a delicadeza dela. O prazer do grude e do sorriso incrivel, é um amor maior do que tudo!

Todos falam que não dá para explicar até acontecer, e é a mais pura verdade!

Hoje por causa da minha filha sou um homem muito melhor, passei a olhar as coisas e o mundo de modo diferente e quero fazer de tudo para preparar a minha filha para ela se tornar o que desejar ser.

O prazer de chegar em casa e receber um sorriso e um abraço e ficar grudado brincando com todos os brinquedos é uma experiência única e mágica!

E percebo que tem poucas diferenças entre os sonhos que tinha em relação a ter menino e que tenho de verdade em relação a minha filha.

Eu amo minha filha como nunca imaginei amar ninguém, e fazendo isso com a mulher dos meus sonhos é ainda melhor!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.