Se preocupar com a segurança de seu filho é algo bastante comum. Mas o que fazer para protegê-lo de pessoas mal-intencionadas quando você não está por perto? Confira as dicas!

É comum que os pais se preocupem com o bem-estar de seus filhos. Porém, não é possível estar com eles o tempo todo, especialmente à medida que vão crescendo.

Além de considerar alguns itens de proteção, como câmeras pela casa e dispositivos de segurança, é importante ensiná-lo a se proteger. Veja aqui algumas coisas que seu filho precisa aprender para manter pessoas mal-intencionadas longe!

https://pixabay.com/pt/photos/beb%C3%AA-m%C3%A3o-crian%C3%A7a-pequena-manter-3109433/

7 coisas para ensinar ao seu filho para se proteger

Para prevenir o seu filho contra situações perigosas, envolvendo pessoas mal-intencionadas, é preciso ensinar algumas coisas importantes. Para te ajudar, selecionamos dicas úteis. Confira!

  1. Fale sobre os perigos na internet

Atualmente, são muitos os perigos em que as crianças e adolescentes estão expostos na internet. Ensine ao seu filho a não se mostrar para os novos amigos, já que nem sempre poderá ser uma criança do outro lado. Além disso, considere explicar sobre:

  • Nunca fornecer dados pessoais (telefone, nome completo, endereço e outros).
  • Jamais aceitar convites de passeios.
  • Contar aos pais se sofrer alguma ofensa online. Dê exemplos de cyberbullying para que ele possa entender melhor.
  • Não falar sobre sua rotina, nome de escola e outros.
  • Não baixar conteúdos da internet, sem ajuda dos pais.
  • Não aceitar amizade de quem não conhece.
  1. Tenha uma senha familiar

Várias crianças já se livraram de pessoas mal-intencionadas por conta de senha familiar. Crie um código que seja fácil para o seu filho se lembrar, mas que seja algo impossível de um estranho adivinhar e que fique em segredo entre vocês. Assim, caso alguém apareça na escola ou curso, por exemplo, dizendo que foi buscá-lo, ele pedirá a senha e só com a mesma que irá com a pessoa. Funciona bem em casos de emergência.

  1. Conte com aplicativo de monitoramento infantil

São muitas as opções disponíveis no mercado de aplicativos que fazem o rastreamento de crianças e adolescentes. Para os menores, você pode contar com os relógios inteligentes. Já para os maiores que têm celular, é só instalar o app. Entre as opções, o FamiSafe conta com rastreamento de localização, entre outras funções úteis. Assim, você saberá onde o seu filho está, mesmo estando longe da criança.

  1. Ofereça dispositivos com botão de alarme

Com a tecnologia avançada, você pode oferecer ao seu filho um dispositivo que tenha botão de alarme. Existem opções em celular, chaveiro, relógio e pulseira. Assim, em caso de emergência, ele poderá acionar o botão e você receberá o sinal de alerta, podendo rastreá-lo.

  1. Ajude-o a não ter medo de gritar

Mostre ao seu filho que caso um desconhecido pegá-lo pelo braço, ele deve gritar frases do tipo: “Não conheço ele”. Além disso, ensine-o que nessa situação ele está liberado a morder, gritar por socorro, espernear, enfim, chamar a atenção de outras pessoas.

https://pixabay.com/pt/photos/m%C3%A3os-m%C3%A3o-de-crian%C3%A7a-manter-1797401/

  1. Proteja o sobrenome da criança

Ensine ao seu filho sobre a importância de não escrever seu nome e sobrenome em seus objetos, como mochila, lancheira e chaveiros. Isso vale para você também. Por meio desses pequenos dados, as crianças podem ser manipuladas por estranhos, que ganham sua confiança. A dica aqui é optar por colocar apenas o número de um telefone para contato, caso ele se perca.

  1. Ensine-o a correr para o lado contrário do carro

Além de ensinar o seu filho a não entrar em carro de estranhos, ensine-o também sobre correr para o lado oposto de determinado carro que parar pedindo informações. Essa é uma dica muito importante, pois assim, a criança terá tempo para pedir ajuda, em caso de perigo.

Vale enfatizar que a melhor ajuda que você pode dar ao seu filho é conversando com ele sobre os perigos do mundo moderno. Lembre-se de que você não vai conseguir estar sempre ao lado dele, mesmo durante o tempo que ele estiver navegando na internet.

Por isso, ajude-o a se conscientizar sobre o bom uso da rede e aproveitá-la da melhor forma. Alerte-o sobre todos os perigos e que sempre deve contar com você para ajudá-lo.

Considere instalar um aplicativo de controle parental para proteger o seu filho, como o FamiSafe, que oferece diversas funcionalidades úteis aos pais. Além disso, fique em alerta para qualquer mudança de comportamento da criança.

Fonte: Famisafe App 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.