6 formas de saber se seu filho acorda de madrugada por fome ou hábito

Esta é uma dúvida da maioria das famílias. Será que a criança desperta diversas vezes de madrugada porque tem fome ou são apenas despertares habituais e a mamada ajuda a voltar para o sono?

Hoje queria falar aqui para as leitoras do Petite Box algumas dicas para que você consiga avaliar melhor esse comportamento do bebê.

  • Avalie os intervalos de mamada da criança durante o dia. Se é um bebê que mama de 3 em 3 horas (sem sólidos) e de noite precisa mamar com mais frequência, certamente ele não tem fome, mas sim precisa do peito ou da mamadeira para manter o sono, tratando-se assim de um despertar habitual;
  • Se seu filho já tem os sólidos e come bem, além de ter um peso e desenvolvimento adequados para a idade, provavelmente ele não precisa de mais de uma mamada de madrugada. Avalie sempre isso com o pediatra. Se ele mama por exemplo 3 vezes de madrugada, pode se tratar de despertares habituais;
  • Se seu filho entra no sono mamando e acorda diversas vezes de madrugada, certamente essa é a forma que ele aprendeu a dormir, então grande parte dos despertares dele podem ser habituais. Neste caso é importante ensinar o bebê a dormir fora do peito, para que ele desenvolva outras ferramentas de conforto e consiga voltar a dormir nos leves despertares de madrugada;
  • Quando você alimenta seu filho de madrugada, ele mama bem pouco e logo volta a dormir? Se isso acontece, seu filho não estava com fome e só precisou mamar por hábito;
  • Depois de alimentado, seu filho sustenta mais as horas de sono? Mesmo que a criança tenha alimentação básica de leite, após os 4 meses, ela consegue sustentar mais o sono, mamando apenas 2 vezes de madrugada. Então se seu filho não sustenta o sono, os despertares podem ser por hábito, não por fome;
  • Se outra pessoa for atender seu bebê quando ele chora (o pai ou babá por exemplo) ele volta a dormir sem comer? Se ele conseguir dormir, é porque precisa apenas de ajuda para adormecer, e não precisa de alimento.

Existe uma média de mamadas esperada para a idade da criança, onde você pode ter uma ideia se seu filho está ou não mamando por hábito de madrugada:

Até 4 meses Mamar em livre demanda ou pelo menos de 3 em 3 horas  
De 4 a 6 meses Mamar de 1 a 2 vezes de madrugada Geralmente sugerimos os horários aproximados de 23h e 04h00 da manhã.
De 6 a 8 meses Mamar 1 vez de madrugada Muitas crianças ainda precisam de uma mamada por causa da aceitação dos sólidos
A partir dos 8 meses Não há necessidade de alimentação de madrugada A não ser que haja alguma recomendação do pediatra, desde que a alimentação sólida esteja adequada, a criança não precisa mais de alimento e pode dormir a noite toda.

 

 

Claro que cada criança é de um jeito e devemos levar em consideração o comportamento e perfil desse bebê. Alguns precisam mamar um pouco mais do que outros e obviamente essa necessidade de fome deve ser atendida. Sugerimos também alimentar em livre demanda até os 4 meses, já que a criança começa a mostrar algum padrão a partir desse momento, então fica mais fácil de entender as demandas.

Além disso, aprender a dormir nunca é sinônimo de desmame. Quando trabalhamos o sono do bebê aqui na Maternity Coach, levamos em conta todos os aspectos fisiológicos e comportamentais da criança para que comer e dormir sejam habilidades diferentes (para uma não precisar da outra para acontecer), mas sempre conseguimos manter as mamadas noturnas se essa é uma necessidade do bebê.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.