Hoje vou falar sobre o sono do dia da criança. Muitas mães me procuram com essa questão:

Os filhos conseguem dormir a noite toda, não resistem para entrar no sono noturno, entendem um bom ritual de sono, mas quando falamos do sono do dia, é uma verdadeira guerra. A criança chora só de perceber que pode estar na hora de dormir.

O sono do dia é diferente do sono da noite. E um sono muito mais leve, e existe uma chance grande da criança acordar com qualquer barulho, ou se for trocada de lugar (por exemplo se dormir no colo e for colocada no berço).

Então quero dar 10 dicas incríveis para que as leitoras aqui do Petite Box possam colocar em prática a partir da próxima soneca do seu filho!

  1. Tenha um ritual de soneca. Ele pode ser curto. Você deve escurecer o ambiente, ligar um ruído branco, fazer uma troca de fralda e depois colocar o bebê para dormir. O ideal é colocar sonolento no berço, mas vamos falar sobre isso daqui a pouco;
  2. Não force seu filho a dormir em um horário que você considera adequado! A pior coisa é tentar fazer a criança dormir a qualquer custo. É um momento tenso, com choro, reclamação, nervosismo. Faça uma agenda. Anote por uma semana quais são os horários que a criança consegue entrar no sono. A partir destes horários, tente colocar uma rotina adequada, sempre começando o dia no mesmo horário e terminando também. Logo o ciclo circadiano do seu filho irá se ajustar e ele terá bastante sono no horário da soneca;
  3. Se seu filho já come frutinha, coloque o horário da fruta antes da soneca. Vai fazer parte do ritual e ele vai dormir de barriguinha cheia. No caso de mamada, sugiro deixar um pouco antes do horário do sono, para que o bebê não durma mamando e consiga ir sonolento para o berço;
  4. Evite eletrônicos antes da hora do sono, pelo menos 30 minutos antes. Se a criança fica exposta à eletrônicos, ela pode fazer sonecas mais curtas do que o normal;
  5. Não faça todas as sonecas em movimento. Sonecas no carro ou em carrinhos podem acontecer eventualmente, mas não acostume seu filho a dormir apenas dessa forma, ou você terá que repetir esse comportamento todos os dias. Vai ser bem difícil para que ele aprenda a dormir sem ser balançado se todos os sonos acontecerem dessa forma;
  6. Depois dos 4 meses: não deixe que a criança faça sonecas antes de 8h da manhã e depois de 17h00. Esse sono fora de hora pode prejudicar muito o sono noturno, ou aumentar bastante a resistência da criança para entrar no sono;
  7. Entenda as épocas de transição de soneca. Na maioria das vezes, a transição de 4 para 3 sonecas acontece aos 4 meses, de 3 para 2 aos 6 ou 7 meses e a de 2 para 1 cochilo por dia entre 14 e 18 meses. Nestas fases a criança vai resistir e pode levar duas semanas para o corpo dela acostumar com o novo padrão. Porém, mesmo apresentando sono, ela não vai conseguir relaxar para dormir;
  8. Tire os estímulos da criança 15 minutos antes do sono. Evite brincadeiras muito agitadas ou brinquedos muito barulhentos. A criança demora um pouco para baixar o nível de energia;
  9. Se você está fazendo algum tipo de aprendizagem de sono para seu filho dormir sozinho, faça primeiramente no sono noturno, e só quando ele estiver dormindo sozinho de noite, para depois fazer o processo no sono do dia;
  10. A mais importante de todas as nossas dicas! Desde cedo, desde o primeiro dia de vida, coloque seu bebê sonolento no berço. Se você já passou dos primeiros meses, nunca é tarde para começar! Você não precisa deixar seu filho chorar. Coloque quase dormindo e vá diminuindo o tempo de colo aos poucos. A resistência da criança costuma também cair aos poucos e em algumas semanas você será capaz de colocar a criança ainda acordada no berço. Cuide da rotina, do ritual da soneca, da alimentação, do ambiente de sono e comece o processo de ir sonolento para o berço, não dormindo. Você vai ver como a qualidade de sono da criança vai mudar!

Além das dicas que dei, é muito importante ter expectativas reais sobre a quantidade de sono que uma criança da idade do seu filho faz dentro das 24 horas por dia. Lembre sempre que é importante deixar um tempo adequado para seu filho dormir de noite e tentar esticar o sono do dia de acordo com a capacidade dele.

Nesta tabela, você vai encontrar, por idade, uma média de horas necessárias, de acordo com a Academia Americana de Pediatria, mas lembre que é uma média e que muitas crianças fazem um pouco mais ou um pouco menos do que isso.

Todos os dias aqui na Maternity Coach conseguimos ver o resultado do trabalho dos pais para melhorar o sono das crianças e consequentemente de toda família, e espero que estas dicas ajudem vocês também!

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.