família-2

A gravidez é um momento marcante na vida do casal, é o início da formação familiar. A chegada do primeiro filho gera transformações na relação conjugal e o casal adquire um novo papel: o parental.

A relação conjugal é formada por dois adultos que se unem e partilham uma vida juntos. Cada relação possui suas próprias peculiaridades, suas regras e seus arranjos. Nesse momento a atenção dada ao cônjuge é integral. Com o nascimento do filho, é necessário que haja uma redefinição na relação familiar, uma renegociação do espaço vivido por cada membro da família, e dos novos papéis a serem assumidos: pai e mãe.

Cada cônjuge traz consigo uma representação de família, de educação, dos papéis paterno e materno, oriunda de sua família de origem. Essas diferenças devem ser administradas de modo que não interfira na educação e nos cuidados com o bebê.

É importante que os pais estejam cientes que o bebê é um grande observador, e responde ativamente aos padrões relacionais dos pais. Assim, o autoconhecimento e o conhecimento sobre o desenvolvimento da personalidade da criança, favorece a construção do núcleo familiar saudável e equilibrado.

O nascimento de um filho faz com que revivamos inúmeras memórias da nossa própria infância, entramos em contato com a nossa criança interior. Nessa fase é natural que dúvidas e inseguranças surjam. Afinal, ser mãe e ser pai é um grande desafio, haverá erros e acertos, mas é importante que o respeito, a paciência, o carinho e o amor estejam presentes na constituição da família. O diálogo aberto entre os cônjuges, a troca de experiências em grupos para pais e cuidadores e a psicoterapia são ferramentas facilitadoras desse processo.

O acompanhamento psicológico facilita a reflexão sobre os papéis a serem desempenhados, as novas responsabilidades que cada membro da família irá desempenhar, fortalece o vínculo entre o casal, criando um ambiente favorável para a criação do bebê.

 

 

Mariana Effting de Sousa Schmitz

Especializanda em Psicologia Perinatal – IPB

Mestranda em Psicologia do Desenvolvimento – UFSC

 

Meiridiane Domingues de Deus

Doutoranda em Psicologia do Desenvolvimento – UFSC

 

 

Sobre Alô Mamãe:
O Alô Mamãe é um serviço de assinatura de orientação e informação em saúde para gestantes e mamães de bebês. É um canal disponível 24 horas por dia para as mamães tirarem dúvidas sobre a gestação e os cuidados com seu bebê. O atendimento é feito por uma equipe multidisciplinar formada por médicos, enfermeiras, nutricionistas e educares físicos que fazem o acompanhamento da saúde da gestante/mãe e do bebê. Além disso, a equipe de saúde entrará em contato para fazer o acompanhamento durante toda esta fase de gestação e pós-parto. O objetivo não é substituir as consultas e o acompanhamento médico, mas sempre estar à disposição para responder as dúvidas das assinantes.
Site: http://alomamae.net/#/petitebox
Fone: 0800 888 8121
Vídeo: https://youtu.be/xejCbTdoFz4